terça-feira, 1 de abril de 2014

Dia do Evangélico é rejeitado pela Câmara de vereadores da cidade de Riacho da Cruz / RN


Votaram contra o projeto os seguintes vereadores: Uberlânio, José Lázaro, Cleomilson, Paulo César e João de Osvaldo.

Os vereadores de Riacho da Cruz rejeitaram durante a sessão ordinária dessa sexta-feira, 28 de março, projeto de lei que instituía o dia do Evangélico no município.


O projeto do vereador Edmilson Cavalcante (PMDB) foi votado e reprovado por cinco votos a quatro.


A data escolhida para a comemoração do dia do evangélico seria o dia 30 de Novembro, o dia seria festejado no município com muito louvor e adoração a Deus.



Votaram a favor do projeto os seguintes vereadores: Edmilson Cavalcante (autor), Jackson Freitas (PMDB), Gilson Amorim (DEM), Iranilda (DEM).


Votaram contra o projeto os seguintes vereadores: Uberlânio (DEM), José Lázaro (DEM), Cleomilson (PTB), Paulo César (DEM) e João de Osvaldo.


O vereador Edmilson Cavalcante, justificou o projeto considerando que o evangélico é o segundo segmento religioso do Brasil, com cerca de 42,3 milhões de fiés, o que representa 22,2% da população brasileira.


As Igrejas evangélicas são instituições que, reconhecidamente, exercem efetivo beneficio social. Seus efeitos positivos provocados através da ação social têm contribuído em muito para o desenvolvimento do nosso pais.


Com base no ensinamento bíblico contribui também para o desenvolvimento moral de nossa sociedade.

Sendo assim, o presente projetou de lei que tinha por objetivo não apenas homenagear esta importante entidade de ação social e de vasta cultura, como também permitir uma maior integração com as comunidades, desmistificando a imagem de isolamento anti-social que muitas pessoas carregam por não conhecerem desse povo de bem.

O parlamentar esperava a compreensão dos Nobres Pares e que a presente proposta recebesse a análise e a aprovação dos mesmos, pois isso representaria o reconhecimento e apoio a todos os Evangélicos de Riacho da Cruz, que vêm prestando um inestimável trabalho no resgate da cidadania de varias pessoas através de recuperação da espiritualidade.

Após a votação do projeto, o vereador Edmilson Cavalcante, ainda fez uso da palavra no plenário e, indagou os demais vereadores pela não aprovação do projeto, tendo o silêncio como resposta.

Os Evangélicos do Município ficaram decepcionado com a não aprovação do projeto, já que, vários municípios criaram este dia de comemoração. Riacho da Cruz é o primeiro exemplo de cidade no Brasil a registrar a rejeição desse projeto.


Fonte:http://muralderiachodacruz.blogspot.com.br/

Total de visualizações de página