terça-feira, 24 de maio de 2016

Lançamento da Pedra Fundamental do CENED de Pedra Grande - RN



 Neste dia 23 de Maio foi Um Marco na luta da qualidade da Escola Biblica Dominical na Assembleia de Deus no RN e no Brasil com o  lançamento da Pedra Fundamental de nosso CENED ( Centro de Ensino de Escola Dominical). Os Pastores PR Jeronimo Câmara, PR Supervisor do campo Raimundo dos Santos e nosso PR Presidente do RN Martim Alves. Os três juntos lançando a Pedra Fundamental no centro do nosso CENED, Juntamente com vários pastores do Estado e também da CPAD no Rio de Janeiro.




Por defender a Família Tradicional. Ana Paula Valadão é alvo de “vomitaço” na internet



Em pouco mais de 24 horas, a postagem da cantora e pastora Ana Paula Valadão pedindo o boicote à rede de lojas C&A teve quase 500 mil “reações” – opções ao botão curtir do Facebook.

Ela postou uma foto com uma expressão de contrariedade, acompanhada de um texto onde expressava sua #santaindignação com a imposição da ideologia de gênero na campanha das lojas para o dia dos namorados. Somente no Facebook ela possui mais de três milhões e meio de seguidores, número que ultrapassa o de atores da Globo e ídolos do esporte.

O assunto logo saiu das redes sociais. Foi matéria de vários órgãos de imprensa, incluindo Veja, e Folha de São Paulo. Em pouco tempo estava na capa da maioria dos portais do país.

Horas depois da publicação de Ana Paula, a C&A publicou uma nota de esclarecimento na seção de comentários de sua página no Facebook. “A C&A reforça que o respeito à diversidade, inclusive de opiniões, sempre foi um dos princípios da marca”, afirmou a rede de lojas.

Como é comum no Brasil, a seção de comentários na página oficial da pastora virou um fórum de debates. Não faltaram ofensas a ela e todos os líderes evangélicos. Alguns fãs da cantora decidiram argumentar e defendê-la. Foram mais de 368 mil comentários, possivelmente um novo recorde para a internet brasileira.

A resposta oficial de Valadão veio com uma nova postagem. A mesma imagem do dia anterior, mas sobreposta com a passagem bíblica de 2 Timóteo 4:3-5. Nova polêmica, com mais de 25 mil comentários. Uma verdadeira campanha de ódio surgiu contra a cantora, acusada de fundamentalismo por expor versículos bíblicos e se manifestar abertamente contra a homoafetividade. 


Veja o Vídeo:


Postagens antigas de Ana Paula começaram a ser vítimas de um “vomitaço”, uma tática virtual que visa demonstrar o descontentamento diante de determinado conteúdo. O que está acontecendo com Ana Paula é só mais uma demonstração que essa guerra ideológica nas mídias sócias não deve acabar e só tende a se acirrar no futuro.


Sem título

Entenda o “vomitaço”

A figurinha do vômito, opção de comentário de todo usuário de Facebook passou a ser uma espécie de símbolo. Desde que assumiu a presidência, toda postagem do perfil de Michel Temer passou a ser alvo desses vomitaços virtuais. Trata-se de uma maneira de indicar protesto, característico de pessoas que não possuem argumentos. Em poucos dias, a tendência se espalhou para todo aquele que não está de acordo com o que é considerado “politicamente correto”.
Quem acompanha o cenário político do Brasil nos últimos anos certamente lembra que o surgimento da guerrilha virtual no país foi uma criação do PT ainda no primeiro mandato de Lula. Idealizado pelo jornalista Franklin Martins, então ministro da Comunicação, os Militantes de Ambiente Virtual (MAV) começaram a organizar uma série ataques aos inimigos políticos do petista, ao mesmo tempo em que teciam elogios aos aliados.  Em pouco tempo, a coisa tomou volume acompanhando a popularidade crescente das redes sociais no país.
Na campanha de 2014 estima-se que eles eram mais de 100 mil. Embora seus organizadores fossem (bem) remunerados, multiplicou-se o número de pessoas que faziam isso por ideologia. Paralelo à ascensão dos MAVs, surgiram diversas páginas de Facebook e blogs que passaram, de certa forma, a influenciar a opinião e ditar o comportamento de milhões de usuários da internet no país.
Sua agenda era bem clara, todas as causas liberais eram “positivas” e sinais de “evolução da sociedade”.  Sendo assim, popularizaram as bandeiras do feminismo e do movimento LGBT. Todo esse movimento virtual passou a ser impossível de dimensionar, pois passou a utilizar “bots” – softwares que replicavam opiniões e postagens, além de adicionar curtidas.
Com o início do processo de impeachment, além de reproduzir o discurso do “golpe”, as baterias se voltaram para os defensores do processo de afastamento. Estabeleceu-se então uma nova guerrilha, desta vez contra os conservadores. Os evangélicos, conservadores por natureza, passaram a ser muito mais atacados do que o de costume.

Fonte: Gospel Prime

Caio Fabio chama Agenor Duque de “macumbeiro pentecostal”

Apóstolo Agenor Duque, da Igreja Plenitude do Trono de Deus


O pastor Caio Fábio, que durante muitos anos foi um conhecido líder presbiteriano, nos últimos tempos tem usado seus programas na internet para fazer denúncias contra vários pastores.

Em seu programa “Papo de graça”, transmitido pelo canal virtual Vem&Vê TV, desta segunda, Caio Fábio exibiu um vídeo que ficou bastante popular na internet nas últimas semanas. Nele, o apóstolo Agenor Duque, da Igreja Plenitude do Trono de Deus, amaldiçoa uma pessoa que estava no culto

Pastor Caio Fábio


Um homem não identificado parece ter questionado algum ensino ou prática do apóstolo. Ele se irrita e, gritando ao microfone, diz: “Nunca mais vai andar. Até você voltar aqui e respeitar profeta. Se eu sou homem de Deus você está amaldiçoado! Desafio”. Em seguida, afirma que aquela pessoa foi colocada ali “pelo diabo” e acaba mandando o homem sair do templo.

Para Caio Fábio, esse tipo de atitude não é característica dos evangélicos, mas sim dos pagãos.

“Bruxos, praticantes de magia negra pentecostal, em nome de Jesus”, afirma. Disparou ainda: “Filhos do diabo, pois quem odeia é do diabo. Esse espírito de violência não procede de Deus”.

Embora o tópico da conversa seja o vídeo de Agenor Duque, o ex-reverendo presbiteriano o coloca junto a todos os outros líderes neopentecostais.

Entre os adjetivos usando para classificar quem tem esse tipo de ensino estão “macumbeiro”, “bruxo” e “feiticeiro pós-moderno”. Ao mesmo tempo, critica as pessoas que frequentam essas igrejas e dizem “amém” para seus ensinos. “Não dá pra dizer que isso tem a ver com Deus, tem a ver com o diabo”, afirma.

Os atritos públicos de Caio Fábio são conhecidos. Já teve embates com Silas Malafaia, Edir Macedo e Marco Feliciano. Recentemente, seu alvo foi o apóstolo Valdomiro Santiago, da Igreja Mundial.

Apesar de ainda ser pastor da igreja Caminho da Graça, Caio não aceita ser chamado de evangélico, pois para ele, “os evangélicos pioram o mundo para os outros”


Assista:

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Biblia é o Livro mais lido no Brasil


 
A Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil indica que o percentual de leitores no país está aumentando. Em 2011 eram 50% da população, em 2015 chegou a 56%. Na média, o brasileiro lê a cada ano apenas 4,96 livros. Desses, 0,94 são indicação da escola e apenas 2,88 lidos por vontade própria. Metade dos livros (2,53) não são terminados.

Divulgada nesta quarta (18), o levantamento do Ibope, encomendado pelo Instituto Pró-Livro, ouviu 5.012 pessoas, alfabetizadas ou não. Segundo a metodologia empregada, representa a realidade de 93% da população brasileira. No levantamento, foi considerado “leitor” quem leu, inteiro ou em partes, pelo menos 1 livro nos últimos 3 meses.

A Bíblia é o livro mais lido, seja qual foi o nível de escolaridade. As Escrituras aparecem em todas as listas: últimos livros lidos, livros mais marcantes. Um dado chama atenção: 30% dos entrevistados nunca comprou um livro. Questionado sobre os motivos de não lerem, apenas 2% acha o preço de livro caro e percentual igual afirma não ter dinheiro para comprar. Com informações do Estadao

11 Cidades Sem Nenhuma Presença Evangélica – Brasil



Sempre que falamos em missão, pensamos logo em ir para o exterior, mais e o nosso Brasil, o evangelho já tem chegado aos quatro cantos do nosso País? Veja estes dados do censo do IBGE do ano de 2000. É grande mais vale apena ser lido, é surpreendente. Os dados do Censo de 2000 listou 5560 muncípios, mostrando que existem 71 cidades com menos de 1% de evangélicos. A Região Nordeste do Brasil está muito atrás do restante do Brasil em termos de presença evangélica. A média de presença evangélica dentre a população em todas as regiões do país é de 15,41%. No Nordeste, essa média cai para 10,26%. Enquanto que 12 estados brasileiros apresentam taxas acima de 20%, o Nordeste não há nenhum estado com mais de 15% de evangélicos em sua população. E pior. Em 6 estados nordestinos a população de Evangélicos está abaixo de 10%: Alagoas, Ceará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. 


Desses seis estados, Paraíba é o que possui a maior concentração de cidades com menos de 5% de evangélicos. Alagoas fica com o lamentável índice de estado com a maior concentração de cidades com menos de 1% de evangélicos. Já o estado do Piauí é o que possui a população com o mais baixo percentual de evangélicos do país. A capital baiana – Salvador – cidade nacionalmente conhecida pelo grande número de adeptos da Umbanda e do Candomblé, só aparece na 172ª posição da lista.

Em 11 cidades brasileiras, o índice de evangélicos é “zero”, ou seja, o censo do IBGE não contabilizou nenhum único evangélico.O Rio Grande do Sul é o estado onde se concentra o maior número de cidades com índice “zero” de evangélicos – 9 cidades ao todo. As 11 cidades sem nenhuma presença evangélica são: Queluzito (MG), Carrapateira (Pb), Boa Vista do Sul (R.G. do Sul), Nova Alvorada (R. G. do Sul), Nova Roma do Sul (R.G. do Sul), Protásio Alves (R. G. do Sul), Relvado (R. G. do Sul), Santo Antônio do Palma (R. G. do Sul), São Jorge (R. G. do Sul), União da Serra (R. G. do Sul), Vespasiano Correa (R. G. do Sul). Essas cidades merecem a atenção da Igreja brasileira. A Região Sul também possui a menor taxa de crescimento anual de evangélicos em todo o país. Entre as 20 cidades brasileiras com maiores índices de seguidores da Umbanda e Candomblé, 16 estão no Rio Grande do Sul e 4 delas aparecem no topo da lista: Rio Grande, Dezesseis de Novembro, Viamão e Bagé. Nova Ibiá, na Bahia, com 7.166 moradores destaca-se como a cidade com o maior percentual de habitantes “sem religião”.

 Em todo o Brasil 12,5 milhões de pessoas declararam-se sem religião. Esse índice é tão alto que só não ultrapassa o número de católicos e evangélicos. Se somarmos os números de seguidores de todas as religiões – não incluindo católicos e nem evangélicos – o valor dos que se declararam “sem religião” chega a ser mais do que o dobro do número de adeptos de todas as religiões somadas.

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Igreja se reúne debaixo de árvore após ter templo queimado

Desde o ano passado, as igrejas na Tanzânia estão sofrendo com ataques provocados pela intolerância contra os cristãos. São três igrejas queimadas este ano. Primeiro foi uma Assembleia de Deus, depois uma outra igreja pentecostal local e agora uma católica.

Os ataques sempre são feitos durante a noite. Segundo testemunhas, pessoas desconhecidas aparecem de repente, entram no templo, colocam todas as coisas sobre o altar, derramam gasolina e ateiam fogo. Depois, fogem correndo, antes que os bombeiros cheguem.

O mais recente, em 2 de maio, foi na região de Kagera, que fica na fronteira com Uganda, Burundi e Ruanda. Nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelos incêndios e a polícia não prendeu ninguém até agora. A população cristã teme uma nova “onda” de incêndios, como a que ocorreu no país em setembro de 2015. Foram seis igrejas queimadas.

O secretário da organização de pastores locais, disse na época. “Até agora ninguém foi responsabilizado e isso é inaceitável. Igrejas cristãs de diversas denominações são totalmente destruídas em questão de minutos. Agora estão adicionando parafina ao combustível, para garantir o máximo de danos. Estamos preocupados, pois isto já se tornou uma tendência e não pode ser ignorada pelas autoridades”.

Vários incêndios criminosos vêm correndo no país desde 2013. Somadas, são 22 igrejas cristãs destruídas pelo fogo. Fortunato Bijura, líder de uma das igrejas queimadas recentemente, disse que isso não impedirá que congregação continue se reunindo: “Os que pensam que a destruição de nossa igreja nos fará parar de orar, estão errados… há uma grande árvore perto da igreja e ali vamos continuar nos reunindo para fazer orações e ler a Bíblia”.

A Tanzânia é o 36º país na Classificação da Perseguição Religiosa, da missão Portas Abertas. Cerca de 50% da população da Tanzânia é cristã, enquanto 30% é muçulmana. Contudo, existe um grande movimento político para a implantação da sharia (lei islâmica) no país. A falta de empenho das autoridades em prender e punir os responsáveis demonstra que eles agem com algum tipo de ‘cobertura’ oficial. Com informações Charisma News

Nomes bíblicos são os mais comuns no Brasil, segundo IBGE


Ranking divulgado pelo IBGE mostra os nomes mais populares no país

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou na semana passada um ranking com os nomes mais populares no Brasil. 


Os nomes bíblicos ou ligados a personagens religiosos estão entre os mais utilizados pelos brasileiros na hora de registrar seus filhos.
No topo da lista temos Maria, nome de mais de 11 milhões de mulheres no país, segundo os dados do Censo Demográfico 2010.
Em segundo lugar está José, com mais de 5 milhões de homens registrados. Ana aparece em terceiro lugar com mais de 3 milhões, seguidos por João, Antônio, Francisco, Carlos, Paulo, Pedro e Lucas. 


A lista segue mostrando outros dez nomes muito utilizados no país como Luiz, Marcos, Luís, Gabriel, Rafael, Francisca, Daniel, Marcelo, Bruno e Eduardo. 


O IBGE afirma que entre os 200 milhões de habitantes do Brasil, há mais de 130 mil nomes diferentes, dos quais 63.456 masculinos e 72.814 femininos. A pesquisa considerou apenas o primeiro nome.
Quando separamos a lista dos nomes mais populares de acordo com a década de nascimento, percebemos que na década de 2000 o nome de José não aparece nas primeiras cinco posições. 


Os brasileiros nascidos a partir do ano 2000 foram registrados com nomes como: Maria, Ana, João, Gabriel, Lucas, Pedro, Mateus, José, Gustavo, Vitória, Guilherme, Carlos, Júlia, Vitor, Felipe, Letícia, Marcos, Rafael, Luiz e Daniel. 


O Instituto ainda liberou em seu site um campo de pesquisa (link), onde é possível conhecer o número de pessoas com o mesmo nome que o seu, além de consultar o ranking de nomes populares de acordo com o seu Estado. 


Fonte: CPAD News

Enem 2016 Abertas Inscrições


nscrições Enem 2016 Abertas! Está oficialmente aberto o período de inscrições do Enem 2016 – Exame Nacional do Ensino Médio. Os estudantes deverão se inscrever, exclusivamente no portal do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), até o próximo dia 20, sexta-feira. O sistema ficará no ar até as 23h59min, seguindo o horário oficial de Brasília/DF.
O MEC (Ministério da Educação) espera que aproximadamente 8 milhões de estudantes façam as provas deste ano, que serão aplicadas nos dias 05 e 06 de novembro. Na edição do ano passado, 5,8 milhões de candidatos participaram do Exame. Devido ao grande número de acesso, principalmente nos dois primeiros dias de inscrição, o sistema fica sobrecarregado e costuma sair do ar. Entretanto, nos demais dias o site costuma suportar a demanda.

Como se inscrever no Enem 2016? Em qual site são feitas as inscrições?

É indispensável que todos os estudantes interessados em fazer as provas no fim do ano leiam o edital do Enem 2016 antes de se inscrever. O documento descreve todas as regras do Exame e o cronograma oficial desta edição. O Inep alerta que os participantes são os únicos responsáveis pelo cumprimento dos prazos e exigências, ficando sujeitos a punições.
IMAGEM INSCRIÇÕES ENEM 2016 ABERTAS
Quem deseja fazer inscrição no Enem 2016 precisa ficar atento ao prazo estabelecido pela organização e ao site que deve acessar, pois existe apenas um meio oficial através do qual são processados os registros dos candidatos: a página do participante, no portal do Inep.
Portanto, dentro do período de inscrições do Enem 2016, os estudantes devem entrar na página http://enem.inep.gov.br/participante/, tendo em mãos os números do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e RG (Registro Geral – carteira de identidade). Além disso, também é necessário informar um endereço de e-mail pessoal válido e um número de celular, que serão as vias de comunicação entre a organização e o candidato.
Ao se inscrever, o participante precisa registrar uma senha de acesso, escolher o município do local de prova do Enem 2016, apontar a opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol) para as cinco questões de Linguagens, apontar a finalidade de certificação do ensino médio (se for o caso) e a necessidade de atendimento diferenciado nos dias de prova (se for o caso).
A certificação de conclusão do ensino médio Enem 2016 é disponibilizada a estudantes com 18 anos completos até o primeiro dia de aplicação das provas. Para obter o certificado, o estudante precisa atingir, no mínimo, 450 pontos na média das notas e 500 pontos na prova de redação.
O atendimento diferenciado nos dias de prova é oferecido a estudantes com deficiência (física ou mental), gestantes, lactantes, idosos, em classe hospitalar e sabatistas. Estes últimos são aqueles que, por convicção religiosa, guardam os dias de sábado e, por sua vez, começam a fazer as provas do primeiro dia no início da noite.

Taxa de inscrição do Enem 2016: como emitir o boleto e como pedir isenção do pagamento

A taxa de inscrição do Enem 2016 subiu cinco reais em relação a 2015 e chegou a R$68,00, com vencimento às 21h59min (de Brasília/DF) do dia 25 de maio, quarta-feira. O pagamento poderá ser realizado em qualquer agência bancária, casas lotéricas ou agências dos Correios. Todos os estudantes que estão concluindo o ensino médio em escolas públicas são automaticamente isentos do pagamento.
Quem não receber isenção automática deverá gerar o boleto do Enem 2016, chamado de GRU (Guia de Recolhimento da União), no ato da inscrição. Caso haja necessidade de reimpressão do documento, o candidato deverá acessar a página do participante, dentro do período de inscrição, e imprimir a segunda via. Quem não pagar o valor integral ou não obedecer ao prazo limite terá a inscrição cancelada.
Estudantes de baixa renda que não possuem condições de arcar com o valor podem, ao se inscrever, declarar carência no Enem 2016, a fim de pedir isenção do pagamento. A declaração deverá ser preenchida com dados verdadeiros, pois o Inep avalia o requerimento antes de divulgar a confirmação ou não de isenção.
Cartão de confirmação de inscrição do Enem 2016: Todos os candidatos que cumprirem todas as exigências da organização terão acesso ao cartão de inscrição do Enem 2016, que será disponibilizado pela organização do Exame semanas antes das provas, na própria página do participante, no portal do Inep. O documento possui as seguintes informações: número de inscrição do Enem 2016; data; hora; local de provas; indicação do atendimento (se for o caso); opção de língua estrangeira; e solicitação de certificação (se for o caso). A apresentação do cartão não é obrigatória nos dias de prova.

quinta-feira, 5 de maio de 2016

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Dilma Roussef Decreta o Reconhecimento a Identidade de gênero em 28.04.2016 - Decreto 8.727


 
A Presidenta(e) da República do Brasil, a Excelentíssima Senhora Dilma  Roussef, no uso das suas atribuições, assinou na última quinta-feira, 28.04.2016, o Decreto 8.727 , através do qual dispõe sobre o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas travestis ou transexuais no âmbito da administração pública federal direta, autárquica e fundacional.

Em outras palavras, por decreto da Presidência da República, homossexuais, travestis, transexuais e ou assemelhados, desde que queiram, ganharam o direito de ter seus nomes sociais, mais conhecidos como "nome de guerra", inseridos em documentos oficiais, sendo que de acordo com o decreto, tais cidadãos e ou cidadãs, deverão serem tratados por esses nomes, independente do nome oficial, que constará apenas para registro, bem como do sexo que tenham nascido biologicamente.

Enfim, esse decreto regulamenta a tão combatida e polêmica "Identidade de Gênero", onde todos serão respeitados como pessoas, mas assumirão a personalidade sexual que quiserem, independente de como tenham nascido.


A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso VI, alínea “a”, da Constituição, e tendo em vista o disposto no art. 1º, caput, inciso III, no art. 3º, caput, inciso IV; e no art. 5º, caput, da Constituição,
DECRETA:
Art. 1o  Este Decreto dispõe sobre o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas travestis ou transexuais no âmbito da administração pública federal direta, autárquica e fundacional.
Parágrafo único. Para os fins deste Decreto, considera-se:
I - nome social - designação pela qual a pessoa travesti ou transexual se identifica e é socialmente reconhecida; e
II - identidade de gênero - dimensão da identidade de uma pessoa que diz respeito à forma como se relaciona com as representações de masculinidade e feminilidade e como isso se traduz em sua prática social, sem guardar relação necessária com o sexo atribuído no nascimento.
Art. 2o  Os órgãos e as entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional, em seus atos e procedimentos, deverão adotar o nome social da pessoa travesti ou transexual, de acordo com seu requerimento e com o disposto neste Decreto.
Parágrafo único. É vedado o uso de expressões pejorativas e discriminatórias para referir-se a pessoas travestis ou transexuais.
Art. 3o  Os registros dos sistemas de informação, de cadastros, de programas, de serviços, de fichas, de formulários, de prontuários e congêneres dos órgãos e das entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional deverão conter o campo “nome social” em destaque, acompanhado do nome civil, que será utilizado apenas para fins administrativos internos.        (Vigência)
Art. 4o  Constará nos documentos oficiais o nome social da pessoa travesti ou transexual, se requerido expressamente pelo interessado, acompanhado do nome civil.
Art. 5o  O órgão ou a entidade da administração pública federal direta, autárquica e fundacional poderá empregar o nome civil da pessoa travesti ou transexual, acompanhado do nome social, apenas quando estritamente necessário ao atendimento do interesse público e à salvaguarda de direitos de terceiros.
Art. 6o  A pessoa travesti ou transexual poderá requerer, a qualquer tempo, a inclusão de seu nome social em documentos oficiais e nos registros dos sistemas de informação, de cadastros, de programas, de serviços, de fichas, de formulários, de prontuários e congêneres dos órgãos e das entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional.
Art. 7o  Este Decreto entra em vigor:
I - um ano após a data de sua publicação, quanto ao art. 3o; e
II - na data de sua publicação, quanto aos demais dispositivos.
Brasília, 28 de abril de 2016; 195º da Independência e 128º da República.
DILMA ROUSSEFF
Nilma Lino Gomes

AD Ministério Belém faz doação de aparelhos para o Hospital de Câncer de Barretos

A Assembleia de Deus Ministério Belém em Jales (SP), deu uma importante contribuição para o Hospital de Câncer de Barretos – Unidade III de Jales, quando entregou a doação de dois aparelhos que vão auxiliar no tratamento oncológico.
Os aparelhos comprados foram um Aspirador Cirúrgico e um Simulador de ECG. O Aspirador serve para usar no tratamento dos pacientes que estão passando pelo tratamento de Câncer de mama, na parte estética do procedimento, e o Simulador faz a simulação do paciente e com essa análise pode-se verificar se os monitores estão funcionando de forma correta, garantindo assim a segurança do paciente.
A doação feita pela igreja foi possível através de um “Encontro de Mulheres”, realizado no dia 17 de outubro de 2015, e teve toda a arrecadação revertida para a compra desses equipamentos.
O evento foi realizado no Clube do Cem em Urânia e contou com a ajuda de todos os membros da igreja de Urânia e as unidades da igreja em Jales.
A Gerente da Captação de Recurso Adriana Mariano e a Assistente de Captação Camila Garcia também prestigiaram o evento e reforçaram a importância de contribuir com esta causa “O Hospital de Câncer Barretos – Unidade III de Jales que realiza 1000 atendimentos/dia, tem todo atendimento SUS, ou seja, sem cobrar nada do paciente. Atendimento de qualidade, e referência no tratamento de Câncer”.
A entrega foi feita na ultima quinta-feira, dia 30, ao Gerente Administrativo Roger Dib, pelo pastor presidente da Assembleia de Deus, Claudio Embelino de Oliveira, sua esposa, Rosângela Noemi Nalini de Oliveira, e as coordenadoras do projeto Keli Preto, Carla Silva, Maria Aparecida da Silva Viveiros.
Keli ressaltou que a ideia principal, era ajudar o Hospital de acordo com a necessidade do momento. “Estamos muitos felizes e satisfeitos pela entrega dos equipamentos. Serão muitas pessoas que terão a oportunidade de reconstruir suas vidas pelo uso desses aparelhos. Quero parabenizar ao Hospital de Câncer de Barretos pelo trabalho que realiza.”, finalizou Keli.
Fonte: CPAD News

Total de visualizações de página