segunda-feira, 4 de junho de 2012

MINISTÉRIO PÚBLICO INVESTIGA VALDOMIRO SANTIAGO



Reportagem divulgada no programa "Domingo Espetacular", da Rede Record, do bispo Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus, acusou o apóstolo Valdomiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, de ter adquirido em nome da igreja a propriedade estimada em 30 milhões de reais (cerca de 15 milhões de dólares). A matéria plantou a "suposição" de que a compra do imóvel pela igreja teria como objetivo fraudar o recolhimento de impostos.
O apóstolo Valdomiro Santiago é dissidente da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). A briga entre o bispo e o apóstolo é midiática. Em programa da Igreja Mundial do Poder de Deus, na Rede TV!, o apóstolo criticou o dinheiro do dízimo e de ofertas de fiéis da Universal que seria repassado à TV Record para pagar salários de funcionários.
Santiago desafiou o bispo Macedo dando um recado através do repórter que trabalhou a matéria no Domingo Espetacular:
Chama o seu patrão e coloca ele comigo na entrevista, aí pede para ele levaras contas abertas e eu levo as minhas, porque eu não tenho contas lá fora.
Santiago insinuou que o bispo Macedo tem contas em paraísos fiscais. Ele acredita que essa briga é obra do diabo, que “quer colocar um contra o outro”, porque “Satanás quer destruir não só o Valdemiro Santiago, mas também o bispo Edir Macedo”.
Em culto transmitido pela TV Mundial, Santiago disse que jamais imaginou que uma briga dessas poderia acontecer algum dia. “Se o senhor (bispo Macedo) quer me maltratar, usar a Record, pode usar, mas eu vou orar por sua vida, por seus pastores”, disse.
A Igreja Mundial do Poder de Deus é a que compra, hoje, o maior espaço de tempo de programação em televisões abertas e tem tirado fiéis da Universal.
O Ministério Público de São Paulo passou a investigar a origem dos recursos do fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, apóstolo Valdomiro Santos, para a aquisição de fazenda no Mato Grosso. 

Total de visualizações de página