quinta-feira, 7 de agosto de 2014

3000 pessoas são batizadas nas comemorações dos 100 Anos da Assembleia de Deus no Ceará


Principal espaço público de lazer de Fortaleza, o Aterro da Praia de Iracema se transformou num imenso palco de fé e louvação na manhã deste domingo. No local, uma celebração marcou o início da programação comemorativa dos 100 anos da igreja evangélica Assembleia de Deus no Ceará. O público foi estimado em mais de 15 mil fiéis.

Pregações, cânticos, louvores e mensagens de fé e amor a Deus marcaram a celebração, que teve como ponto alto o batizado de 3 mil pessoas nas águas da Praia de Iracema. Fiéis da Assembleia de Deus de todas as idades, a maioria jovens, buscaram, através do batismo, reforçar os laços com a igreja, bem como marcar a plena conversão ao Evangelho.

Toda a celebração, num clima de paz e alegria e sem incidentes, foi ministrada pelo pastor e presidente da Igreja Assembleia de Deus Templo Central em Fortaleza, Antonio José Azevedo Pereira. O evento contou, ainda, com a presença dos 240 líderes que dirigem as igrejas distribuídas pela capital e Região Metropolitana de Fortaleza.

O pastor Antonio José explicou que os batismos acontecem, mensalmente, nas Assembleias. Contudo, para comemorar o centenário da igreja no Ceará, desde janeiro deste ano, todos as cerimônias foram deixadas para ser realizadas ontem, numa grandiosa profissão de fé. Ele lembrou que a principal doutrina da Assembleia de Deus é a crença que Deus, ainda hoje, pode batizar os fiéis com o Espírito Santo.

Falando à multidão, os pastores ressaltaram a missão da igreja de anunciar o Evangelho Pleno de Cristo, com a proclamação da palavra de Deus, oração e ação social para que floresça uma igreja fiel, com forte visão missionária e reconhecida pela integridade e santidade. A cada pausa nos cânticos, ecoaram mensagens de que Jesus Cristo salva, cura, batiza com o Espírito Santo e, em breve, voltará.

A celebração começou por volta das 8h de ontem, prosseguindo até pouco depois das 10h. Vestidos com batas brancas, os fiéis entravam, ordenadamente, no mar para serem batizados pelos pastores. Homens do Corpo de Bombeiros do Ceará acompanharam toda a cerimônia para prevenir afogamentos e outros incidentes, inclusive fazendo um cordão de isolamento na água. Agentes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) interditaram ruas no entorno do Aterro à circulação de veículos para facilitar o acesso do público.



A estudante Nayara Amaral, 25, era só alegria. Afastada da Assembleia de Deus há tempos, ela disse sentir uma sensação maravilhosa de pleno retorno à igreja e, sobretudo, de aproximação de Deus. "É um renascimento pra mim", avaliou. O jovem Jessé Januário, 21, também foi batizado ontem. "Já sou membro da igreja desde pequeno. Mas, somente agora me senti preparado para o batismo", afirmou. A dona de casa Maria José da Silva acredita que o batismo veio reforçar sua crença no poder de Deus.

Durante todo o mês, outros eventos da Assembleia de Deus, todos gratuitos e alusivos ao centenário no Ceará, estão programados, envolvendo as 240 congregações. Mas, o grande encontro dos fiéis e pastores acontecerá somente no dia 6 de setembro próximo, na Arena Castelão, quando ocorrerá a festa final de celebração do centenário, com a presença de 60 mil pessoas.

Introduzida no Brasil pelo missionário sueco Gunnar Vingren, a Assembleia de Deus estabeleceu-se no Ceará em 20 de julho de 1914, na cidade de Itapajé. De acordo com o Senso de 2010, a igreja conta, hoje, com cerca de 500 mil fiéis no Estado e é a primeira no Brasil, depois do existente no Estado do Pará, a celebrar o seu centenário.
Fernando Brito
Repórter
Fonte:http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/

Total de visualizações de página