quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Mãe solteira, fiel se revolta e joga balde de fezes e urina em pastores por causa de pregação


Uma fiel da Assembleia de Deus resolveu protestar contra o que ela entendia como discriminação e atirou um balde repleto de fezes e urina contra os pastores e alguns membros de uma igreja em Lucas do Rio Verde (MT).

A mulher – que teve apenas as iniciais, M.S.R., e a idade, 47 anos, reveladas – foi ao culto de Ano Novo e jogou os excrementos nos pastores que estavam no púlpito e em algumas pessoas que estavam presentes.

De acordo com a Polícia Civil, ela alegou que era uma reação à forma como os pastores e alguns fiéis da denominação tratam as mulheres que são mães solteiras, sempre insinuando que suas vidas estão erradas por terem filhos e não terem maridos.

As pessoas atingidas pela revolta de M. S. R. foram a um hospital da cidade para verificar se as fezes e a urina tinham causado algum tipo de infecção. Um dos pastores se queixava de ardência nos olhos, segundo informações do site Olhar Direto.

Em depoimento prestado à Polícia após ser presa no último final de semana, a mulher afirmou que vinha sofrendo preconceito na cidade por causa das pregações ofensivas dos pastores. Lucas do Rio Verde fica a 350 quilômetros de Cuiabá e tem aproximadamente 56 mil moradores.


Walter de Melo Fonseca, delegado responsável pelo caso, afirmou que a fiel revoltada não se conformou de ser acusada de viver em pecado por ser mãe e não ser casada: “Ela disse que estava sofrendo com essa situação e até entrou em depressão. Disse que tinha um tratamento diferente em relação às outras pessoas pelo fato de não ter um marido”, revelou.

Após prestar depoimento, ela assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), comprometendo-se a não voltar a jogar fezes e urina nos pastores. Porém, ela foi indiciada por crime de ultraje a culto religioso, e responderá na Justiça.

Fonte:http://noticias.gospelmais.com.br/

Total de visualizações de página