segunda-feira, 12 de maio de 2014

Advogada é presa por enganar presidiários ao pregar 'evangelho' e seduzi-los


Uma advogada foi presa por suspeita de enganar presidiários para tirar seus patrimônios na quinta-feira (8), em Torres, no Rio Grande do Sul.

De acordo com a Polícia Civil, a mulher contava com a ajuda de um pastor evangélico conhecido como Folharada e que tinha prestigio entre os presos. A advogada se aproximava dos detentos para “evangelizar” e seduzi-los.

Ela tirava bens dos presidiários de quem tem poder de mando para executar ações fora da cadeia. A defensora prometia ajudar na revisão criminal para reduzir a pena dos custodiados, mas só se apropriava dos bens dos detentos.

A mulher tem uma prisão preventiva decretada por mandar executar um casal que disputava o patrimônio de um preso. As vítimas eram a irmã de um apenado e o marido dela. A causídica é casada com um presidiário condenado a mais de 50 anos, por homicídio.

Fonte:http://www.franciscoevangelista.com/

Total de visualizações de página