quinta-feira, 26 de junho de 2014

PIS-Pasep começa a ser pago em julho; veja quem tem direito


Abono para quem ganha até 2 salários mínimos
começa a ser pago em julho

Os trabalhadores com carteira assinada que recebem até dois salários mínimos terão um dinheiro extra a partir de julho, com o pagamento do abono anual do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

O valor é um salário mínimo (atualmente em R$ 724), pago uma vez ao ano. Têm direito ao benefício os trabalhadores cadastrados no PIS-Pasep há pelo menos cinco anos e que tenham recebido, em média, até dois salários mínimos nos meses trabalhados.


O abono pode ser sacado nas agências da Caixa Econômica Federal. O trabalhador deve apresentar carteira de identidade, carteira de trabalho ou o cartão do PIS-Pasep.

Quem tiver o Cartão Cidadão com senha cadastrada também pode fazer o saque em casas lotéricas, caixas de auto-atendimento e postos do Caixa Aqui.

O dinheiro deve ser sacado, no máximo, até 30 de junho do ano que vem. Quem não retirar o pagamento perde o benefício.

Para quem é cliente da Caixa, o valor será depositado diretamente na conta-corrente nas seguintes datas: 15 de julho (para os nascidos em julho, agosto e setembro), 14 de agosto (para nascidos em outubro, novembro e dezembro), 16 de setembro (nascidos em janeiro, fevereiro e março) e 14 de outubro (nascidos em abril, maio e junho).

O calendário de pagamento do benefício foi publicado nesta segunda-feira (23) no Diário Oficial da União.

Servidores públicos concursados recebem no Banco do Brasil

Para os servidores públicos concursados, o benefício pode ser sacado nas agências do Banco do Brasil. O pagamento será feito nas seguintes datas: 15 de julho para os beneficiários com final de inscrição 0 e 1; 14 de agosto (finais 2 e 3); 16 de setembro (finais 4 e 5); e 14 de outubro (finais 6, 7, 8 e 9). Os clientes do banco terão o benefício depositado automaticamente.
Fonte:Agência Brasil e UOL

Total de visualizações de página