quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Polícia chinesa prende cristãos que explicavam o significado do Natal

A China é o país que mais persegue cristãos em todo o mundo e as ações do governo se intensificam nessa época do ano
Nove pessoas, entre elas um pregador, foram presas em Shenzhen, na China, por estarem ensinando sobre o verdadeiro significado do Natal em parque da cidade.

Cao Nandi e outros oito cristãos, sendo sete deles mulheres, estavam pregando sobre o nascimento de Jesus quando foram abordados por cerca de 40 policiais e foram levados a uma delegacia.

Entre os cristãos havia membros do Centro Guanai e da Igreja Meilin. Apenas Cao é membro da Associação Jovens da Paz.

A esposa de Cao só foi avisada sobre a prisão oito horas após o ocorrido e segundo o Portas Abertas não pode vê-lo. Ela explica que seu esposo ama o Senhor de uma forma tão apaixonada que queria falar para todo mundo sobre a graça salvadora de Jesus.

O pregador estava ciente que poderia ser odiado por muitos ao escolher ser pregador do evangelho, mas estava disposto a cumprir seu chamado, tanto que ele aceitou de bom grado a punição injusta que recebeu.

De acordo com a agência de notícias ChinaAid todos os detidos já foram soltos.
A China é um dos países que mais persegue cristãos em todo o mundo e nessa época de Natal a perseguição do governo aumenta tentando impedir a evangelização. Por este motivo é que o Portas Abertas, ministério que presta serviço para cristãos em países perseguidos, pede que nossas orações sejam intensificadas em favor dos nossos irmãos em Cristo que servem a Deus nesses países.

Total de visualizações de página