terça-feira, 27 de janeiro de 2015

“Meu Nome é Paulo”: filme vai contar a história de conversão do apóstolo nos dias atuais


O longa-metragem “Meu Nome é Paulo” vai contar a história de conversão do apóstolo, adaptando a narrativa bíblica aos dias atuais. A produção cinematográfica realizada pela Dunamis Films com direção de Trey Ore tem estreia prevista para o dia 12 de março de 2015 nos cinemas brasileiros.

No filme, o ambiente da Igreja Primitiva, perseguida por Saulo como mostram os relatos bíblicos, é substituído pelo mundo contemporâneo. No entanto, o roteiro mostra uma sociedade avessa à fé, onde as autoridades investem pesado na perseguição aos cristãos e o principal agente de perseguição é Paulo.

“Paulo, cego pelo ódio e intenção de destruição, está determinado a encontrar e matar Pedro, o inimigo de seu Líder. No entanto, um terrível acidente e uma descoberta milagrosa, o levará para fora do curso e a uma estrada de autodescoberta, onde ele aprende a viver e amar o próximo”, diz a sinopse do filme.

“Meu Nome é Paulo” se vale de cenas de ação, troca de tiros e certa violência para narrar, de forma ousada, a história do “apóstolo dos gentios”, que passou de perseguidor a fundador e incentivador de igrejas após seu encontro pessoal com Jesus.

Produzido nos Estados Unidos, o filme tem o elenco formado pelos atores Andrew Roth, Michael Joiner, Patrick Keenan, Cranston Johnson, Shannen Fields, Vanessa Ore, Karyn Elyse Abercrombie, Tim Ross, Abigail Cornell, Isaiah Stratton, Torry Martin, Catherine Trail, David Sweeney, Davis Osborne, Armando Alonzo e Joe Coffey, segundo informações da página oficial do longa no Facebook.

Confira o trailer:


Total de visualizações de página