segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Brasil é o oitavo país em número de suicídios, diz relatório da OMS

Segundo o relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o oitavo país em número de suicídios, um crescimento de 10,4% em relação a quantidade pessoas mortas entre 2000 e 2012.

Foram 11.821 mortes por suicídio registradas no país em 2012, sendo 9.198 homens e 2.623 mulheres. Em todo o mundo a quantidade de homens que tiram suas vidas é maior que o número de mulheres, de acordo com a OMS.

Os países com mais mortes desse tipo são: Índia (258 mil óbitos), seguido de China (120,7 mil), Estados Unidos (43 mil), Rússia (31 mil), Japão (29 mil), Coreia do Sul (17 mil), Paquistão (13 mil) e Brasil (11 mil).

Entre as principais causas do suicídio estão o abuso de álcool e a depressão, mas em países pobres as causas estão relacionadas ao estresse e a problemas socioeconômicos.

Fora isso também se considera os traumas gerados pela violência física ou mental, abusos, isolamento, desastres naturais ou conflitos bélicos.

Com a divulgação do relatório a OMS quer que os países desenvolvam estratégias de prevenção, como evitar o acesso a meios utilizados para o suicídio como armas de fogo, pesticidas e medicamentos, além de reduzir estigmas e conscientização do público.

A ideia é que através dessas medidas seja possível reduzir o número de mortes que hoje, somando todas as mortes de suicídio no mundo, resulta em um dado bastante preocupante: a cada 40 segundo uma pessoa se mata.

“Os transtornos mentais e consumo nocivo de álcool contribuem para mais casos em todo o mundo. A identificação precoce e eficaz é fundamental para conseguir que as pessoas recebam a atenção que necessitam”, diz a OMS.

Com informações G1

Total de visualizações de página