sábado, 27 de setembro de 2014

Miss Rio de Janeiro declara-se cristã, diz nunca ter namorado e que sonha casar virgem


A modelo carioca Hosana Elliot foi eleita recentemente a Miss Rio de Janeiro, e aos 21 anos, afirma que nunca namorou e nutre o sonho de se casar virgem.

Numa entrevista concedida ao jornal Extra, Hosana afirmou ser católica praticante e sonhar com um casamento como manda o figurino: de véu, grinalda e com uma noite de núpcias que atenda ao sentido primário da palavra.

“Ela só teve um namoradinho na época da escola. Depois de adulta, nunca namorou, nunca ligou muito para essas coisas. Hosana sempre foi uma menina estudiosa, romântica e que sonha em casar virgem, seguindo os mandamentos da igreja”, revela a avó da modelo, dona Marilda.

A modelo vive num apartamento próprio com a avó e a mãe, Anna Elliot, que é divorciada do pai de Hosana. “Ela não gosta de sair, nem de bagunça. Temos orgulho de ter uma menina assim”, diz a avó.

Hosana, que chegou a pesar 30 Kg a mais durante a adolescência, concilia os trabalhos de modelo com os estudos da faculdade de Biotecnologia e os trabalhos voluntários junto aos órfãos atendidos pelo Lar Frei Carmelo.

No próximo sábado, 27 de setembro, Hosana disputará o Miss Brasil em Fortaleza (CE) e se vencer, poderá se tornar a primeira modelo em anos a cumprir integralmente os requisitos exigidos pelo concurso, que cobra das participantes que não sejam casadas ou divorciadas e não tenham filhos.


Escolheu esperar

A miss Rio de Janeiro é apenas mais uma na multidão de jovens cristãos que aderem voluntariamente ao princípio da virgindade até o casamento.

Anos atrás, o movimento começou com os chamados “anéis de pureza”, e depois de algum tempo, com o surgimento no Brasil do movimento “Eu Escolhi Esperar”, o aumento das adesões e manifestações públicas dessas escolhas se tornou foco da mídia. O sexo somente no casamento é uma das principais doutrinas defendidas por igrejas evangélicas e
católicas.

Total de visualizações de página