sexta-feira, 10 de abril de 2015

Atenção piriguetes! Tá liberado o quê?


Olá amigos! Hoje a nossa matéria especial é da nossa parceira, Consultora de Imagem & Estilo: Sra. Magalhães. Pelo título já dá para perceber que abordaremos um assunto um tanto quanto polêmico dentro das igrejas. Afinal, moça: Tá liberado o quê? Venha ler e não esqueça de deixar sua opinião nos comentários!

É notório nos dias atuais, uma desenfreada confusão no que tange dentro das igrejas o comportamento de algumas irmãs abençoadas, que se dizem cristãs e ainda vasos de Deus. Como Consultora de Imagem & estilo, preciso deixar registrado e fazer menção sobre a imagem da mulher cristã baseada na palavra de Deus, e convido a todas as mulheres evangélicas ou não a se dedicar um pouquinho a ler esta matéria e refletir sobre sua imagem.

Temos diante de Deus o compromisso pela palavra de sermos a cada dia mulheres cheias de temor, modestas e recatadas. Porém, infelizmente muitas mulheres insistem em viver no tempo da ignorância, e da mentira. Conhecedoras da palavra, insistem desconhecer o que Deus deseja de nós mulheres, servas de Jesus, aptas para a salvação, e cometem o erro, permanecem no engano em desconhecer a vontade de Deus para nós mulheres. O que se vê com frequência são mulheres, sem precisar a idade, fazendo vergonha, sendo motivo de escândalos dentro e fora da igreja. Usam a questão da liberação da igreja para justificar seus maus comportamentos, dizem que a igreja liberou, mas lhe digo: Liberou o quê??? Outras dizem, agora pode usar isso ou aquilo, mas eu lhe pergunto: Pode usar o que?? Outras ainda dizem: Tá liberado. Te pergunto: tá liberado o quê? A palavra mudou? Onde está escrito que está liberado a falta de vergonha, onde está escrito que está liberado ser sensual, ser vulgar? A Bíblia liberou o decote nos vestidos luxuosos que fazem os irmãos a pecarem, quando desejam ver o que tem a mais dentro do decote que você usa, e acha normal? A Bíblia liberou o uso da calça tão justa, tão colada ao corpo, que faz com que seu irmão preste atenção a ponto de desejar conhecer o restante da obra que está por baixo? A Bíblia liberou o uso de roupas transparentes, que você insiste em usar, deixando à mostra seu corpo fazendo seu irmão desejar descobrir o que se tem embaixo do tecido fluido e transparente que você usa sem notar sensualidade? A Bíblia liberou o uso de mini saia, quando você desfila mostrando suas coxas, deixando os irmãos interessados em conhecer o resto de seu corpo tão insinuador começando pelas belas pernas que você insiste em mostrar? Afinal, o que está liberado?


Deus não nos deixou o espírito de confusão, mas de amor e de entendimento. Nenhuma de nós podemos dizer que não sabemos, que não conhecemos a vontade de Deus para nós mulheres. O Senhor nos ensina acima de qualquer coisa a sermos simples, que usemos trajes honestos, com pudor, e modéstia. Traje honesto e com pudor, não se enquadra na saia curta, no decote que mostra seus seios, na calça colada ao seu corpo, no vestido transparente, nem tão pouco na maquiagem excessiva que você usa e faz de conta que desconhece. O mundo lança a palavra " piriguete" que significa: aquela que usa roupa curta para se aparecer, aquela que usa calça justa, que usa decote escandaloso, que usa transparência, que usa maquiagem excessiva, que usa mini saia, que usa shorts curtíssimo, que usa roupas para sensualizar e conseguir vantagens com sua imagem. E absurdo, que elas invadem as igrejas, elas se adaptam ao uso de tais, e levantam as mãos para adorar a Deus, derramam até lágrimas, mas o coração está cheio de engano e pecado. Levam seus irmãos a pecarem sendo pedra de tropeço e se esquecem que darão conta a Deus por seus comportamentos. Nosso compromisso é com Deus e com sua palavra, não podemos nos esquecer disso, porém, as irmãs piriguetes, passam horas se arrumando para cultuar a Deus, e entram nas igrejas cheias de pecado e luxúrias, sensualizando e acham que Deus não conhece os corações e as intenções do espírito. Basta de hipocrisia, vamos encarar o assunto com clareza. O Senhor nos pedirá conta de nossos atos, nossa fé cristã requer compromisso, com a verdade, com a genuína palavra de Deus, por isso vivemos diferentes do mundo, temos as nossas normas, em Galatas 2:20 - " Já estou crucificada com Cristo, e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim." Se Cristo vive em mim, não posso ser pedra de tropeço na vida de ninguém, quando usufruo viver como quero, sem me importar com o que Deus deseja de mim, e de meu guarda- roupa. Minhas roupas devem adorar a Deus, dentro e fora da igreja. Todas as minhas roupas devem adorar a Deus, seja na escola, no trabalho, na academia, na rua, na igreja, e por aí vai...a Deus ninguém engana, ninguém pode se justificar não saber, nem conhecer. O Senhor não liberou a falta de pudor, modéstia e falta de vergonha na cara, não existe justificativa para tais comportamentos. Nossa imagem diz tudo a nosso respeito, sem precisarmos abrir a boca. Então, não tem como usar certos tipos de roupas e querer mostrar ser outra coisa, o que você usa, diz quem você é. Suas roupas denunciam seu estado de espírito e suas convicções.


Sendo assim, certamente quando você usa vestido colado, decote exagerado, calça colada, saia curta, maquiagem excessiva, roupas transparentes, não está de maneira alguma refletindo a Cristo, nem tão pouco está cheia do Espírito Santo de Deus. Sejamos mulheres de bom gosto, modestas e que honrem a Deus e sua Palavra, sem precisar deixar o ministério, os pastores, e a igreja em saia-justas, ninguém precisa ficar falando, e nos lembrando. Já está escrito, já está definido, já está liberado por Deus o que devemos usar, sem qualquer sombra de variação e pecado.
Sejamos fiéis, sejamos sábias, sejamos bênçãos e não maldição dentro e fora das igrejas. Por onde andarmos, vamos viver o genuíno evangelho que liberta. Éramos escravas do pecado e do engano, mas a luz chegou até nós, não precisamos viver como o mundo, que escraviza a beleza da mulher e o apelo ao corpo impondo padrões, não podemos ser como as "piriguetes". Mas devemos ser mulheres cheias do Espírito Santo, lindas, modestas, recatadas, femininas e cheias de doçura, mansas, com consciência sensível e instruída por Deus, que honre a sua Palavra, e que manifestem uma vida com Deus, em atitudes e em nossos guarda-roupas. Somos embaixadoras, princesas do Senhor, jóias de inestimável valor para Deus, devemos nunca nos esquecer disso e deixar que o velho homem flua em nós, sendo a cada dia cheias de temor a Deus e testemunhas de seu amor e de sua graça, para sermos livres pela palavra, mulheres que vivem aquilo que Deus planejou, libertas do pecado e do engano. Você pode, ser linda, e cheia do Senhor sendo orgulho para Deus e inspiração do Espírito Santo dentro, mas principalmente fora dos templos, ganhando almas para Cristo com sua imagem que reflete a beleza de Cristo e sua Glória!


Deixe a imagem de Cristo refletir quem você é pelas suas roupas, sempre recatadas e modestas, para que em todas as coisas o Nome do Senhor seja glorificado! Piriguetes, não! Mulheres cheias da graça, de virtudes, de bom gosto e temor do Senhor! Deus te abençoe, e te ensine a cada dia.


Beijos e abraços da Sra. Magalhães!

Total de visualizações de página